Capítulo 4 - Vampiro

 

        Rússia, era inverno e completava-se um milênio desde a morte de cristo em Golgota, quando um poderoso Bruxo despertava. Mas o protagonista é Upir, o Maléfico, um príncipe russo que almejava poder para não só derrotar seus inimigos como tomar as terras ao norte, cuja ambição atraiu não somente os olhos do Bruxo Russo, como a seus propósitos de vingança, Upir deu o nome a etimologia Eslavo "Vampiro" ou "Usurpador", documentado em 1047.

Autor: Feit. Arc

Capítulo 3 - Lich

 

        Portadores do domínio da morte e da corrupção, fantasmas que vestem cadáveres, aqueles que conseguiram a imortalidade enquanto vivos abraçando a morte. Um caminho turvuoso se seguiu os Ocultistas da Ordem de Hekau em 3,7 mil anos A.C no Alto Egito quando os Sacerdotes de Hekau descobriam a ambiciosa traição dos Ocultistas, desvincularam e amaldiçoaram o nome da Feitiçaria no mundo Arábico. Os Ocultistas de Hekau decaíram-se em seus ensinamentos Magis e buscaram a transcendência de seus poderes por um turvo caminho da feitiçaria. Após o aprimoramento do ato de Mumificação, poseram-se os estudos no dominio da imortalidade. Até que em 600 A.C no Alto Egito os Ocultistas de Hekau atingiram seu objetivo, entrento a traição foi descoberta por Zurvanism que reuniu os seguidores da antiga ordem e baniram, não somente os Feiticeiros de Hekau como todo o Reino Sombrio das Areias, para as profundesas das dunas, entre dois Oásis.

 

Autor: Feit. Arc

Capítulo 2 - Múmia

 

        Renascidas diretamente de Amenti, o Reino Sombrios das Areias, as Múmias são mortos-vivos reanimados com um feitiço particular dos Ocultistas e Sacerdotes da Ordem de Hekau (Magia que alcançava o caminho da Feitiçaria), datado de 4 mil anos A.C no Alto Egito. Tem como fundamentos a conservação do corpo e da alma (lembranças). Diferente dos Zumbis, a Maldição da múmia não deteriora o corpo devido ao seu ritual, que provem da dádiva da vida eterna.

 

Autor: Feit. Arc

Capítulo 1 - Zumbis

 

        Zumbi, trata-se de uma criatura provinda da cultura popular, um morto reanimado, usualmente com hábitos noturnos que vive a perambular e a agir de forma estranha e instintiva. Um ser tolido de vontade própria, sem personalidade. 

 

Autor: Feit. Arc.

O Livro das Almas

Essa página estará destinada a Artigos da série O Livro das Almas™. Material fonte para O TOMO™ que irá expor peculiaridades sobre o mundo e o ser morto-vivo. Sinta-se a vontade começar a ler e entender algumas diferenças, mudanças e concepções a cerca do assunto. Esse material tem como base, todos os materiais RPGisticos e Míticos Culturais a respeito do assunto, trazendo assim uma visão geral e verossimilhante para o conteúdo. Seja bem vindo.